Aromaterapia

Como Funciona a Aromaterapia

Compartilhando Texto de Diane Petry da Harmonie Aromaterapia

Saiba por que aromas provenientes de plantas medicinais aromáticas influenciam o comportamento humano e suas emoções e ainda estimulam os órgãos e suas funções.

O uso de aromas provenientes de plantas medicinais para os cuidados com a saúde não é nenhuma novidade. Existem registros antigos do uso de óleos essenciais através da queima de plantas para eliminar pragas, doenças e até energias negativas desde o Antigo Egito. E, através desta fumaça liberada das plantas é que surgiu a palavra perfume, que em templos eram utilizados para ampliar a consciência, conectar-se com o divino, desenvolver-se espiritualmente e até como instrumento de sedução. Mas, a forma de utilizar os aromas inseridos dentro de tricomas “bolsa que armazena o óleo essencial na planta” mudou muito, isso devido aos métodos de extração criados como, a enfleurage, destilação à vapor, e a prensagem à frio, onde o resultado é produto muito concentrado chamado de óleo essencial. Apesar de tão milenar a técnica que utiliza óleo essenciais o termo aromaterapia surgiu apenas na década de 20, pelo Perfumista Francês René Maurice Gattefossé, até então o uso dos aromas era associado a fitoterapia

 

Daiana no laboratório do Templo Egípcio de Edfu 237 a.c, onde há registro de mais de 200 fórmulas com óleos essenciais para cuidados médicos e perfumes formulados pelos sacerdotes.

aromaterapia1

O uso dos óleos essenciais é muito amplo, podemos utiliza-lo diluídos em creme, gel, shampoo, condicionador e óleos vegetais, para obter cosméticos naturais, produtos que eliminem a dor, relaxem a musculatura ou até desintoxicam o organismo. Mas, também é possível utilizar através da inalação no difusor pessoal, aromatizador ambiental e até criando um perfume personalizado para obter efeitos emocionais e vibracionais.

Muitas práticas, terapias e medicinas podem se beneficiar com o uso dos óleos essenciais, como o reiki, geoterapia, massagem, constelação familiar, regressão, arteterapia,  medicina chinesa, indiana, xamanica,  psicossomática, entre outras. O óleo essencial poderá ser um excelente instrumento de transformação, potencializando a ação de alguma técnica ou promovendo um despertar como é o caso dos óleos essenciais de mirra, olíbano e patchouli que contém em suas composições sesquiterpenos que quando inalados, atingem um conjunto de estruturas cerebrais responsáveis pelas nossas emoções como o hipotálamo, hipocampo, amígdala, hipófise e pituitária, promovendo compreensão sobre as situações de causa e efeito em que a pessoa se coloca, tema principal da psicossomática para a cura das doenças, ou seja, se o profissional utiliza os conhecimentos da psicossomática em sua terapia, quando ele indicar um óleo essencial de mirra para inalação por alguns dias, ele irá acelerar o processo de compreensão da doença.

Uma visão comum e reduzida sobre os óleos essenciais é que sua utilização serve apenas para alívio de sintomas devido a seus componentes químicos analgésicos,  calmantes, estimulantes, entre outros. Mas, na verdade a aromaterapia deve ser usada como instrumento de transformação, atuando diretamente na causa do problema.

A aromaterapia é uma técnica ou terapia que utiliza apenas substâncias naturais muito concentradas de plantas medicinais, o que exige cuidado na hora de utilizar. Costumo comentar  que na aromaterapia, “menos é sempre mais!” Com poucas gotas você consegue obter efeitos físicos, emocionais e vibracionais sem causar danos ao seu organismo pelo excesso de química. O que precisamos entender é que não é porque é natural, que não faz mal. Um pequena gota de óleo essencial pode conter 400 componentes químicos, isso a torna incrivelmente especial, pois sabemos que essa gota poderá servir exemplo no caso da lavanda, para tratar insônia, regenerar a pele, equilibrar as emoções, lavar os pensamentos repetidos e negativos e até tratar uma micose, mas essa quantidade de componentes nesta única gota também quando em excesso pode causar danos aos órgãos. – Daiana Petry

Experimente tratar sua dor com um olhar de quem busca entender o motivo de ela existir, que busca a cura do problema e com isso transforma de sua rotina, seu dia, sua vida! Que tal começar com um óleo essencial como o de eucalipto que libera pensamentos e emoções presas ao passado? Ou um grapefruit que estimula a busca pelo que lhe dá prazer, sem culpas, sem medos, ensina a celebrar cada dia como único, eliminando dores, preocupações que nos limitam?

Texto escrito por: Daiana Petry

ate mais

Anúncios
Aromaterapia, Óleos Essencias, Ficha Técnica, Receitas

Ylang Ylang no combate da Zica, Dengue e Chikungunya

Ylang-ylang-EO
Você está cansado do cheiro de citronela e de cravo para repelir mosquitos? O aroma nada afrodisíaco da citronela à noite num quarto agora pode ser substituído por um novo óleo essencial, conhecido há muito tempo na aromaterapia como um afrodisíaco, é o óleo de ylang ylang. 
 
Em dezembro do ano passado, cientistas da Tailândia [1] publicaram um artigo científico onde apontam uma descoberta interessantíssima, que o óleo de ylang ylang possui considerável ação repelente do Aedes Aegypti, o temido mosquito transmissor dos vírus da dengue, zica e chikungunya.
  
O estudo foi feito com o óleo essencial completo das flores do ylang ylang (Cananga odorata), uma flor muito perfumada de origem asiática. O óleo foi testado contra 3 espécies de mosquitos Aedes aegypti, Anopheles dirus (vetor da malária), e Culex quinquefasciatus (vetor da filariose e do vírus Oropouche).
 
 O óleo teve ação mortal contra os mosquitos com eficácia de 96 % (fAe. aegypti), 98.4 % (An. dirus), e 100 % (Cx. quinquefasciatus) com efeitos de mortalidade após 24-48 horas de exposição. A ação repelente do óleo essencial a 10% foi de 66% para Ae. aegypti, 92% para An. dirus, e 90% para Cx. quinquefasciatus.
 
 Dentre inúmeros óleos estudados até hoje, o mais eficiente foi o de cravo-da-índia [2], que supera a citronela e todos os demais. Ele é empregado em diluições de 3-5%. Mas pode arder em áreas sensíveis, então, outras alternativas aromáticas se fazem necessárias.
  
Além do ylang ylang, outros óleos se mostram como interessantes alternativas. Um deles é o óleo da semente de aipo (Apium graveolens). Em um estudo [3] na Índia, ele mostrou ter 100% de eficácia de repelência de contra o Aedes aegypti durante 165 minutos, quase 3 horas!
 
Ninguém pensa no óleo de hortelã como repelente de mosquitos, mas foi constatado em outra pesquisa [4] que ele promove 100% de repelência contra o Aedes aegypti durante 150 minutos (1 hora e 20 minutos).
  
Também vale citar o caso da palmarosa (Cymbopogon martini) que é uma variedade de capim parente da citronela, de aroma mais agradável, com delicado cheiro de rosa. Não há estudos ainda sobre seu uso na pele contra o A. aegypti, mas contra o Anopheles sundaicus, transmissor da malária, 1ml de óleo de palmarosa passado puro nas partes do corpo expostas ao mosquito à noite, mostrou ter 98.7% de proteção dentro de casa, e 96.52% de proteção fora de casa durante 12 horas de observação [7].
 
 Curiosamente, o uso do óleo de palmarosa (C. martinii) também conseguiu em difusores repelência de 97% [5], superior a da citronela que foi de 14% [6] contra os mosquitos dos gêneros Aedes spp. e Culex spp. 
 
 E por último, ainda temos o óleo de patchouli (Pogostemon cablin) que teve ação repelente de até 2 horas na diluição de 10% e 50%.
 
Bom, quando for precisar de uma repelente alternativo mais agradável, você agora tem estas alternativas. Associar alguns destes óleos com o óleo de andiroba como base, te dará um efeito de repelência mais prolongado.
  
Dicas:
  
REPELENTE 1 – AROMA FLORAL
Óleo gorduroso de andiroba 95%
Óleo essencial de palmarosa 2%
Óleo essencial de ylang ylang 3%
 
 
REPELENTE 2 – AROMA TERROSO/MASCULINO
Óleo gorduroso de andiroba 95%
Óleo essencial de aipo sementes 1%
Óleo essencial de cravo da índia 2%
Óleo essencial de patchouli 2%
 
 
Autor:
Fábián László
Cientista Aromatólogo
 
Referências:
 [1]. Soonwera M. et al. Efficacy of essential oil from Cananga odorata (Lamk.) Hook.f. & Thomson (Annonaceae) against three mosquito species Aedes aegypti (L.), Anopheles dirus (Peyton and Harrison), and Culex quinquefasciatus (Say). Parasitol Res. 2015 Dec;114(12):4531-43. 
 
[2]. Trongtokit Y, et al. Comparative repellency of 38 essential oils against mosquito bites. Phytother Res. 2005 Apr;19(4):303-9.
 
[3]. Kumar S, et al. Larvicidal, Repellent, and Irritant Potential of the Seed-Derived Essential oil of Apium graveolens Against Dengue Vector, Aedes aegypti L. (Diptera: Culicidae). Front Public Health. 2014 Sep 18;2:147. 
 
[4]. Kumar S.et al. Bioefficacy of Mentha piperita essential oil against dengue fever mosquito Aedes aegypti L. Asian Pac J Trop Biomed. 2011 Apr;1(2):85-8.
 
[5]. Müller GC. Efficacy of the botanical repellents geraniol, linalool, and citronella against mosquitoes.J Vector Ecol. 2009 Jun;34(1):2-8.
 
[6]. Songkro S. Effects of glucam P-20, vanillin, and fixolide on mosquito repellency of citronella oil lotions.J Med Entomol. 2012 May;49(3):672-7.
 
[7]. M.K. Dasa & M.A. Ansarib Evaluation of repellent action of Cymbopogan martinii martinii Stapf var sofia oil against Anopheles sundaicus in tribal villages of Car Nicobar Island, Andaman & Nicobar Islands, India. J Vect Borne Dis 40, September & December 2003, pp 100–104
Aromaterapia, Bem estar, Receitas

Obesidade e óleos essenciais

Um artigo excelente de Daiane Petry

Óleos essenciais no tratamento da obesidade

A obesidade é definida como uma enfermidade multifatorial, caracterizada pelo acúmulo de gordura corporal, além de ser considerada um fator de risco para uma série de doenças e distúrbios.  Na hora de escolher o óleo essencial a ser utilizado para a redução da gordura, é necessário considerar todos os fatores que estão gerando esta enfermidade. Como por exemplo: o estilo de vida, a genética, possíveis disfunções hormonais ou da glândula tireóide.

Proponho inicialmente que cada pessoa se observe e se pergunte: o que o leva a engordar? Caso a resposta desta pergunta seja: ansiedade, estresse, o mau hábito no consumo de alimentos e/ou sedentarismo, a aromaterapia pode te auxiliar.

Rosemary-EO.pngÓleo essencial de Alecrim
Massagem: Estimula o metabolismo, estimula a secreção biliar ajudando na digestão de gorduras, regula a digestão, ajuda na assimilação do açúcar no diabetes, aumenta a irrigação periférica (auxiliando em caso de celulite), diurético, carminativo (reduz gases intestinais), combate arteriosclerose e o colesterol elevado.
Inalação: É um óleo com ação antidepressiva, promove determinação, auxiliando em casos de baixa estima e insegurança. Aumenta a autopercepção e criatividade. Excelente para casos de apatia. É um estimulante físico e mental ótimo para aqueles que não tem ânimo e disposição para caminhar e praticar exercícios.

Contra-indicação: Hipertensos, gestantes e lactantes.

Óleo essencial de Cedro
Massagem: Diurético.
Inalação: Proporciona relaxamento profundo, acalma a ansiedade e o estresse. Dissolve preocupações, medos, angustias e raiva. Ajuda a estabilizar a energia fora de equilíbrio. É o óleo da força e persistência, ideal para as pessoas que tem dificuldade em mudar seus hábitos alimentares e manter a dieta balanceada.

Óleo essencial de Cipreste
Massagem: Desintoxicante do organismo, diurético e descongestiona o fígado e o sistema linfático.
Inalação: Promove otimismo e calma. Ajuda a reduzir irritações e frustrações.

grapefruit-EOÓleo essencial de Grapefruit
Massagem: Revigorante, diurético, estimula o sistema linfático, estimula a secreção biliar ajudando na digestão de gorduras e reduz taxas de colesterol no sangue.
Inalação: Antidepressivo, clareia a mente resgata a vontade de viver, traz euforia, iniciativa e leveza. Muito utilizado em casos de ansiedade, apatia, dificuldade em auto-aceitação, transtorno de humor, exaustão nervosa, estresse, mágoas e tristezas.

Óleo essencial de Laranja DoceOrange-EO
Massagem: Reforça sistema imunológico, antiespasmódico, carminativo, digestivo, estimula secreção biliar ajudando na digestão de gorduras.
Inalação: Estimula o animo, controla ansiedade, depressão, estresse, tensão, palpitação. Age no 2 chakra trabalhando a criatividade, promove coragem e elimina preocupações. Tem ação de libertar, estimular e ensinar.

Lavender-EO.pngÓleo essencial de Lavanda
Inalação: Relaxante e antidepressivo. Usado em casos de impaciência, ansiedade e preocupação. Promove insight, remove indecisões, traz aceitação e confiança.

Óleo essencial de Limãolemon-EO

Massagem: Descongestiona rins e fígado, carminativo, depurativo, diurético, estimulante circulatório e imunoestimulante.

basil-5mlÓleo essencial de Manjericão
Inalação: Antidepressivo, reanimador, equilibrador emocional, clareia a mente estimula a auto-confiança e poder pessoal.
Massagem: Antiespasmódico, carminativo, digestivo, estimula o fluxo sanguíneo, diminui taxa de ácido úrico no sangue.

Lembre-se:

Efeitos emocionais acontecem apenas através da inalação devido a conexão direta do olfato com o sistema límbico.

Efeitos físicos através de uso tópico (massagens, compressas).

ate mais

Aromaterapia, Receitas

Conheça a técnica natural que auxilia na adaptação escolar de crianças

unnamed

Um artigo muito interessante que recebi e estou postando. Autoria Daiane Petry!!

Seu filho vai passar pela “tensa” fase de adaptação escolar? Seja pela primeira vez ou pela mudança para uma nova instituição, não dá para negar que este momento é inquietante para a família toda. Os pais que após escolherem a escola, conhecerem os professores ainda se perguntam ” Será que fiz a escolha certa?” “será que cuidarão bem dele(a)?”, sim a incerteza e a preocupação são geralmente muito grandes neste inicio, além é claro da dor da separação.

Agora imagine para a criança que, de repente, se vê no meio de pessoas estranhas, regras novas e um lugar onde tudo é novo e desconhecido?
Na aromaterapia existe um óleo essencial especial para esse momento de adaptação. Com um cheirinho gostoso que lembra o “chá da vovó”, o óleo essencial puro e natural de Lemongrass é extraído das folhas do capim cidreira. Famoso em pesquisas científicas por demonstrar resultados expressivos na redução do TDAH, é também excelente para essa fase de adaptação pois este aroma natural reduz a ansiedade, hiperatividade, a tensão, a angústia, o medo do desconhecido e ainda transmite sensação de amparo e carinho.
Mas, como utilizar essa maravilha natural neste momento de início ou volta as aulas?
Antes de ir para a escola passe a receita detalhada abaixo, na sola dos pés da criança e massageie por 5 minutos até total absorção ou pingue durante 15 dias 1 gota do óleo essencial de Lemongrass na roupa da criança para ela ter contato com o aroma ao longo da aula .

Receita:

* 30g de creme neutro
* 05 gotas de óleo essencial de Lemongrass
Misture bem o óleo essencial no creme, armazene em embalagem limpa e passe um pouco do creme nos pés massageando até total absorção. Faça este ritual por 15 dias consecutivos.

ate mais

Aromaterapia, Óleos Essencias, Cuidados na utilização

Gravidez e os Óleos Essenciais

safety-pregnancyNa gravidez e no período de amamentação é muito importante tomar cuidado com certos Óleos essenciais.

A dosagem deve ser reduzida para metade, por precaução e alguns óleos essenciais devem ser totalmente excluídos da lista da gestante e da mamãe que está alimentando o seu Bebê.

São eles:

Manjericão, Canela, Anis estrelado, Erva-doce, Alecrim, Oregano, Valerian, Cedarwood, Pimenta-do-Reino, Juniper, Marjoram, Menta, Tomilho, Cravo, Sálvia, Clary Sage, Noz Moscada, Bay, Pimento Berry, Esteva, Estragão, Nardo.

Portanto, tome cuidado!

ate mais

Aromaterapia, Receitas

Medo de dirigir

borboletasNo aromatizador pessoal pingue os seguintes óleos essenciais:

  • 1 gota de Manjericão
  • 1 gota de Erva Doce
  • 1 gota de  Bergamota

 

 

Ou no Aromatizador para carro pingue 7 gotas de óleo essencial de Bergamota e 3 gotas de óleo essencial de Manjericão.

ate mais