Como tratar a fadiga com a Terapia Tradicional Chinesa

FadigaA fadiga é um sintoma de muitos distúrbios diferentes, psicológicos e físicos. Geralmente, é difícil descobrir sua causa com os métodos de diagnósticos ocidentais modernos. Felizmente, o diagnóstico e o tratamento desse tipo de queixa são os pontos fortes da Medicina Tradicional Chinesa.
O primeiro e mais importante passo é avaliar o estilode vida da pessoa para eliminar quaisquer possíveis causas de fadiga, como falta de sono, dieta deficiente, insuficiência de exercícios ou excesso de trabalho. Sem corrigir esses problemas, fica difícil, ou impossível, restabelecer o nível de energia do paciente. Assim que forem feitas as mudanças necessárias no estilo de vida, a tendência é de que os tratamentos, particularmente a moxabustão e a fitoterapia, sejam mais eficazes.

Os diagnósticos mais comuns nos casos de fadiga crônica são deficiência de ‘qi’, sangue ou yang, e muitos casos são uma mistura dessas síndromes.

Tratamento da fadiga causada pela deficiência de ‘qi’
O significado etimológico do ideograma qi (“氣”) na sua forma tradicional mais conhecida é uma imagem do “vapor (气) subindo do arroz (米) enquanto cozinha”. É frequentemente traduzido como “ar” ou “respiração”, por exemplo, o termo chinês que significa “respiração” é tiānqì, ou a “respiração do céu”.

Nos casos de deficiência de qi, pode ser que não haja uma alteração física, mas o corpo precisa de energia suficiente para desempenhar diversas funções. Além da fadiga, o paciente apresenta pulsação fraca (diminuição da freqüência dos batimentos do coração), língua e rosto pálidos e, possivelmente, falta de ar e pouco apetite, dependendo dos órgãos envolvidos.

A maioria dos tônicos de qi aumenta a energia melhorando o funcionamento dos pulmões, baço e rins. Alguns remédios apropriados, vendidos sem receita médica, para corrigir a deficiência de qi são o Bu Zhong Yi Qi Wan, o Nu Ke Ba Zhen Wan, o Shen Qi Da Bu Wan, o Extractum Astragali e o Ginseng Royal Jelly Vials. Normalmente, esses remédios fitoterápicos são tomados por alguns meses, já que as síndromes de deficiência crônica demoram mais para serem corrigidas.

A terapia com acupuntura é administrada para dar energia aos órgãos deficientes, e a moxabustão é aplicada aos pontos sistêmicos importantes para levar nova energia ao corpo. São escolhidos os pontos de acupuntura que fortalecem as substâncias vitais, já que uma deficiência em uma ou mais substâncias geralmente é a causa subjacente da fadiga.

Os pontos tonificantes mais importantes são o estômago 36, baço 6, rim 3, Du 4 e Ren 4. Quando esses pontos são ativados com a acupuntura e a moxabustão, o corpo todo fica energizado. Quando associada à fitoterapia, normalmente, é feito um tratamento durante algumas semanas ou meses, dependendo da gravidade do problema.

Tratamento da fadiga causada pela deficiência de sangue
Nos casos de deficiência de sangue, há insuficiência de sangue para nutrir os órgãos e os tecidos do corpo. Nos casos moderados, a contagem de glóbulos vermelhos pode estar dentro da variação normal, enquanto os casos mais graves são diagnosticados como anemia, que pode ocorrer como conseqüência da diminuição do funcionamento da medula óssea, da deficiência de vitamina ou ferro, da subnutrição geral, da perda de sangue devido ao fluxo menstrual excessivo ou da destruição aumentada dos glóbulos vermelhos.

Na Medicina Tradicional Chinesa, a anemia está associada à deficiência de substâncias vitais no coração, fígado, baço e rins. A fitoterapia e a moxabustão normalmente são bem sucedidas na normalização da contagem de glóbulos vermelhos, independente do padrão subjacente de desarmonia. Tal terapia é rigorosamente monitorada com exames de sangue regulares, já que a anemia pode ter sérias conseqüências se persistir.

Um tratamento típico – uma sessão semanal de acupuntura moxa e o uso diário de ervas tonificantes – pode levar alguns meses. Dois pontos importantes da acupuntura para a anemia são o baço 10 (“mar de sangue”) e o estômago 36 (“cinco quilômetros de caminhada”). O baço 10 é escolhido por seu efeito regulador no sangue, enquanto o estômago 36 melhora a assimilação dos nutrientes do alimento, ajudando na produção de novos glóbulos vermelhos.

Tratamento de outras causas da fadiga
Uma deficiência de qi do baço e de sangue do coração causa tontura, pouco apetite e fadiga, deixando a língua e o rosto pálidos. Esse padrão geralmente aparece em estudantes após o estudo em excesso. A fórmula padrão para esse problema é a Kwei Be Wan. Além disso, a longana (long yan rou) pode ser comida pura ou cozida em decocção (decocção é um chá fitoterápico concentrado feito por meio da fervura de ervas em água). É comercializado na forma seca, mas, em climas tropicais, às vezes, pode ser encontrado fresco. Ele nutre o sangue do coração, tornando-se um bom suplemento à fitoterapia.

Se a desarmonia subjacente for deficiência de yin do rim e do fígado, os sintomas serão fadiga, visão turva, dor lombar, disfunção sexual, fraqueza nas pernas e transpiração noturna. O princípio de tratamento é fortalecer o yin do rim e do fígado com a Rehmannia Teapills. Outra fruta saborosa, o lício (gou qi zi), pode ser adicionada como um suplemento a esse padrão. As bagas repõem o yin do fígado e dos rins, nutrem o sangue e melhoram a visão. A fruta, de primeira qualidade, pode ser comida pura, misturada com cereal ou cozida em decocção.

Quando a anemia é resultado de deficiência de yang do rim e do baço, podem ocorrer fadiga, palidez do rosto e de língua, diminuição da libido, fraqueza dos membros e incontinência fecal. A moxabustão é especialmente útil nesse caso. Além disso, a pessoa deve evitar alimentos frios. Nesse caso, um bom remédio é o Nu Ke Ba Zhen Wan , que fortalece o qi e o sangue. Além disso, a decocção de 10 g de gengibre seco com 10 g de casca de canela tonifica o qi do yang.

Em todos os tipos de anemia, outro medicamento vendido livremente, o Tang Kwei Gin, um suplemento líquido de sabor agradável, aumenta ainda mais a produção dos glóbulos vermelhos do sangue. A dieta deve ser especialmente nutritiva, com grande quantidade de verduras de cor escura e legumes na maioria das refeições. Os alimentos refinados, como massas, pães e doces, devem ser evitados, já que satisfazem, mas têm poucos nutrientes.

Procure sempre um especialista. Agende uma consulta com Christiane Souza e Silva https://www.facebook.com/Homeosstasis

Reblog https://www.facebook.com/photo.php?fbid=198849760277704&set=a.138907999605214.31311.135169096645771&type=1&theater

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s