Travesseiros Aromáticos

Travesseiro Aromatico

Na terra dos sonhos tudo se torna realidade. O tempo parece infinito e tudo é possível; até receber uma abraço gostoso de Deus e se sentir totalmente aconchegada.

Filosofia: usamos travesseiros aromáticos para dormir bem e ter sonhos tranquilos. É claro que dependendo da erva aromática pode servir para aliviar tensões, pesadelos, insônia, dores de cabeça, afecções das vias respiratórias.

Sabemos através de pesquisas científicas que é mais importante a qualidade do sono do que o número de horas dormidas. Essa é uma área que a Aromaterapia pode nos ajudar.

Primeiro, com os travesseiros aromáticos propiciando um tratamento sutil, mas contínuo e eficaz; e depois através dos preceitos de saúde. Afinal de contas, uma boa noite de sono tem mais a ver com nosso estilo de vida do que com aquilo que fazemos pouco antes de dormir: um dia tenso e agitado normalmente se traduz, às vezes, numa noite mal dormida. Se comermos demais, bebermos demais, fumamos demais, não há travesseiros aromático que possa nos ajudar.

Modo de uso: o travesseiro de alfazema é bastante recomendado para insônia por ser neuro-sedativo. Porém, se tivermos a opção deveríamos escolher um travesseiro que tem o aroma que nos agrada. Aí é só deitar e repousar🙂

Cuidados:

  • devemos procurar travesseiros que tenham filtros que evitem a saída de partículas de pó que possam causar alergias;
  • certificar que a erva do travesseiro é selecionada; e
  • assegurar também que o travesseiro tenha a erva que diz conter observando sua procedência e aroma.

Dicas:

  • Procurar desenvolver um ritual: ir sempre para cama aproximadamente na mesma hora, beber um copo de leite adoçado com mel, tomar um chá de erva-cidreira, ler um livro;
  • dormir num quarto mais frio;
  • evitar bebidas alcoólicas, cafeína pílulas para dormir, luz e barulho;
  • colocar nossas preocupações para dormir sempre que formos para cama. Afinal de contas é nossa cabeça e não nosso corpo que nos priva de uma boa noite de sono.

Se realmente não conseguirmos pegar no sono é melhor sair da cama e fazer alguma coisa. Uma noite mal dormida é recompensada por outra dormida bem melhor. O corpo acaba aumentando o período de maior relaxamento no dia seguinte. Se não tiver jeito mesmo, precisaremos procurar uma clínica especializada em distúrbios do sono.

Curiosidade: passamos um terço de nossas vidas dormindo, haja que vamos gastar uns 20, 30 ou até mais anos fazendo isso, é bom entendermos um pouco do que está por trás. O processo do sono passa por quatro estágios antes de começarmos a sonhar:

  • no início estamos acordados, porém como num passe de mágica eis que entramos, sem detença, no estágio I. Ficamos neste estágio limiar por uns 15 minutos enquanto que a temperatura de nosso corpo começa a cair, a respiração vai ficando mais lenta e os músculos começam a se relaxar;
  • passamos então ao segundo estágio no qual o metabolismo e a atividade cerebral diminuem mais;
  • ao chegarmos aos estágios III e IV, o cérebro passa a emitir ondas delta que são ondas de maior voltagem (amplitude) e menos frequencia (numero de ondas por segundo). Isso quer dizer que estamos ainda mais relaxados. Ocorre então uma mudança radical no comportamento de relaxamento gradual do corpo: adentramo-nos num estágio muito especial normalmente designado pela sigla inglesa REM ( Rapid Eye Movement) que significa movimento rápido dos olhos.

É um estágio especial não simplesmente porque é o estágio em que começamos a sonhar, mas porque se os músculos não ficassem paralisados certamente iríamos nos machucar bastante. No estágio REM muitos mais sangue começa a fluir para a cabeça, a temperatura se eleva, o cérebro repentinamente passa a ficar mais ativo eletricamente (como se estivéssemos acordados ), os olhos começam a ser mover rapidamente, começamos a sonhar, há uma maior secreção de ácido gástrico no estômago, os homens podem ter ereções e quem sofre de angina no peito pode sofrer até uma taque de coração, ou seja, “é como se alguém nos estivesse ligado numa tomada de 220V”. SE por ventura achávamos que o sono era algo tranquilo já podemos mudar de idéia.

O primeiro REM da noite tem uma duração aproximada de uns 10 minutos, porém o último(já de manhã cedo) pode chegar a durar até uma hora. O que nos deixa fisicamente bem e revigorado para o dia seguinte é principalmente o estágio IV que devido ao profundo estado de relaxamento, o corpo consegue restaurar o cansaço. Exceto pela conclusão óbvia  de que o cérebro e os processos metabólicos do corpo precisam de descanso para funcionar bem, para que serve esse período de sonhos? Não sabemos ainda conclusivamente, porém imaginamos que seja um tempo necessário para o cérebro digerir à sua maneira os milhões de impulsos que recebe durante o dia.

Retirado do livro “Tudo sobre Aromaterapia” – Adão Roberto da Silva – Editora Roka

4 comentários sobre “Travesseiros Aromáticos

  1. lea disse:

    como é gostoso um travesseiro aromático…quando eu tenho um, me sinto assim como uma criança que se aninha no berço…se enrosca no travesseiro e adormece…tão gostoso, tão romântico…
    Se vc tiver mais algumas dicas de travesseiros aromáticos, manda pra gente…se podemos fazer…se a essência pode ser usada no lugar das ervas…Adoro esse tema!

    • Terra dos Aromas disse:

      Vou postar mais sobre o assunto. Realmente o travesseiro aromático é algo aconchegante e delicioso, vendi muitos travesseiros aromaticos produzidos pela Brasil Portrait, hoje está empresa não está mais atuando no mercado. Bju

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s