O.E. Baunilha

Favo de Baunilha e Flor

“Por traz de todo o sabor um aroma, por traz de todo o sonho a realidade reside.
E quando esse sonho real se concretiza você simplesmente
deve vivê-lo, vivê-lo intensamente.
Ele é prefeito, ele possuí seu próprio aroma, seu próprio sabor.”

Sin.: Vanilla sativa Schiede

Origem (trepadeira): Madagascar, Java, México

País Produtor (O.E.): Madagascar

Método de Extração: Extração a álcool – veja informações adicional abaixo

Rendimento: 30 a 45 kg de cápsulas de baunilha, finamente cortadas, são maceradas a frio em três bateladas sucessivas de 45kg de alcool etílico à 35% para extrair 1 kg de essência.

Constituintes principais (O.E.): Glicovanila e álcool glicovanílico que, por hidrólise, dão glicose e vanilia. A vanilina, não ocorre no fruto seco de forma natural, mas em virtude da ação de enzimas sobre os glicosídios. Foi identificado na essência também: o álcool, o aldeído e o ácido anísico; o álcool e ácido vanílico; e o ácido cinâmico e seus ésteres.

Indicação terapêutica: Adinamia (debilidade), histerias, clorose (tipo de enemia feminina caracterizada pela falta de ferro e coloração amarela-esverdeada da pele), dispepsia, frustração, nervosismo.

Propriedades medicinais: antiespasmódico, estimulante, tônico.

Ação psicológica: relaxante, afrodisíaco, calmante.

Modos de usar: internamente como aromatizante de chocolates, sorvetes. Externamente como óleo de banho, massagem, aromatização ambiental.

Sinergias: mistura bem com óleo essencial de coentro, sálvia- esclaréia, murta, cravo, canela, rosa, limão, limão-cidra, mel.

Cuidados: o aldeído vanílio ou vanilina se decompõe na presença de oxidantes. Por isso, mantenha o frasco âmbar sempre bem fechado após o uso. Não é solúvel em água. Porém é totalmente solúvel em álcool, éter, clorofórmio, dissulfeto de carbono.

Informação adicional: os frutos da baunilha são deiscentes (deixam cair as sementes quando maduros). Por isso, as cápsulas siliquiformes (erroneamente chamadas de vagens ou favas) são colhidas quando ainda estão verdes ou começando a amarelar. A seguir são lavadas em água corrente e postas para secar em tabuleiros por um ou dois dias.
Depois por uma semana o processo de cura é feito todos os dias por volta das novas horas da manhã. A cura se faz mergulhando as cápsulas em água fervente por meio minuto e postas para secar em cima de papel que forra o tabuleiro. No final do dias, as cápsulas sãop embrulhada e postas em caixas para ser armazenadas onde não haja circulação de ar a fim de reter o calor pelo maior tempo possível.
As cápsulas começam a transpirar e inicia-se então a ação das diástases que são enzimas capazes de fermentar os flicosídios vanilicos presentes nessas cápuslas. Isso causa o surgumento de pequenos cristais brancos aromáticos de vanilina nos vincos profundos das superfícies externas das cápuslas de baunilha. Após 3 a 5 meses, as cápsulas curadas de aspecto untuoso e cor pardo-negra, tornam-se maleáveis e mais ou menos luzidias quando o aroma já atingiu seu pico máximo. Neste estágio, as cápsulas estão prontas para ser processadas.

Referência Bibliográficas:

  1. COIMBRA, R, Notas de Fitoterapia, Catálogo dos dados principais sobre plantas utilizadas em medicina e farmácia
  2. LUCAS, V., Incompatibilidades medicamentosas, 2 ed. RJ
  3. MANERA, R. Guia rural plantar: A enciclopéida prática da agricultura brasileira

4 comentários sobre “O.E. Baunilha

  1. Estela disse:

    oieeee Sol
    adorei o azeite…e muito bom todas as dicas
    vou pedir pra umaamiga fazer um selinho do seu blog pra linkar no meu
    Adorei tudo
    beijinhos

  2. lea disse:

    So, obrigada!
    Todos os aromas mexem muito comigo.Em especial a baunilha…ela me passa uma sensação de bem-estar, de aconchego e paz…De lareira acesa, de família, de segurança…Como pode apenas um aroma nos transportar assim, não?
    bju!
    Amei!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s