Carreadores

Twilight by_Lauraest

“Você carrega  sua vida como se ela fosse uma brisa suave
Você carrega meus sonhos como se fossem feitos para se realizar”

Os carreadores podem ser de vários tipos: (a) óleo vegetal (óleo de amêndoas-doces) (b) cera líquida (óleo de jojoba), (c) manteiga (mateiga de coco) e (d) gel (lipogel neutro)

Todos estes carreadores servem como veículo emoliente para diluir ou misturar um ou mais óleos essenciais. Tradicionalmente, os óleos vegetais usados em aromaterapia são obtidos por expressão de sementes (gergelim, colza, amêndoa) ou pericarpos (azeitona). Os óleos tem a desvantagem de ficarem rançosos com o passar do tempo. O ranço é o resultado da decomposição de ácidos graxos que compõem os óleos vegetais cujo processo se acelera na presença de ar, luz e umidade. Por exemplo, seu óleo vegetal para massagem estará mais propenso a se tornar rançoso se for armazendado em frasco transparente,  se tomar sol diretamente e se a tampa do frasco não estiver bem fechada.

Quanto mais insaturado for o óleo vegetal, maior a possibilidade de se tornar rançoso. O oxigênio do ar ataca as posições alílicas dos ácidos graxos, i.e. posições mais reativas dos radicais – C3H5 – aquelas em que há uma ligação dupla entre os carbonos – transformando-os em outros ácidos e aldeídos voláteis que dão o mail cheiro. É claro que as enzimas dos microorganismos também dão suas contribuições para o processo de decomposição. Neste caso, transformam os ácidos graxos em cetonas. Por exemplo, a acetona chamada metil-heptílica é uma das que dá o cheiro desagradável ao ranço.

Os óleos vegetais fazem parate de uma classificação química chamada lipídios. Os lipídeos podem ser simples ou complexos. Se forem simples, são formados por álcoois e ácidos graxos superiores que são ácidos monocarboxílicos, de cadeia normal, saturados ou insaturados e com números pares de átomos de carbono (em geral, superior a dez).

Os lipídios ainda podem ser complexos se tiverem outros componentes como aminoácidos, ácidos fosfórico, etc. Conquanto, dentro da aromaterapia, o que nos interessa é a subdivisão dos lipídios simples denominada glicerídios que são esteres de glicerina em ácido graxo.

Os glicerídios são chamados de óleos, se forman liquidos nas condições ambientes; do contrário, gorduras. Os ácidos graxos que compõem os glicerídios podem ser:

Saturados:
Fazendo uma analogia quando mergulhamos uma esponja na água, ela absorve água até ficar saturada. O que a água representa para a estrutura da esponja, os átomos de hidrogênio representa para a estrutura de uma molécula saturada, ou seja, a molécula não tem espaço para receber um átomo de hidrogênio. Portanto, dizemos que a molécula está saturada.

Monoinsaturado:
“Mono” significa especificamente que há uma ligação dupla entre os átomos de carbono indicada por um sinal de igual (=). Tal molécula ainda tem um espaço para aceitar, digamos, mais dois átomos de hidrogênio – um em cada carbono da ligação dupla. A razão de ser dois é que o átomo de cargbono é tetravalente (faz quatro ligações)

Poliinsaturados:
“Poli” quer dizer vários. Por isso, um óleo vegetal que tenha duas ou mais ligações duplas é chamado de poliinsaturado. Isto significa que há mais de 4 ou mais espaços livres para ser preenchidos pelos átomos de hidrogênio.

Os ácios graxos, estão cifrados na tabela abaixo. Note que o critério de classificação do ácido está baseado no seu grau de saturação:

Saturados Insaturados

Ácido láurico                                      Ácido oléico – 1 ligação dupla
Ácido mirístico                                  Ácido linoléico – 2 ligações duplas
Ácido palmítico                                 Ácido linolênico – 3 ligações duplas
Ácido esteárico

Na realidade, nenhum óleo vegetal contém somente um tipo de ácido graxo: normalmente há uma mistura de ácidos saturados, monossaturados e poliinsaturados.  Dependendo de como reagem ao ser expostos ao ar, os óleos vegetais são classificados como secativos, semi-secativos e não-secativos.

A classificação esta baseada na habilidade das moléculas do óleo vegetal absorverem as moléculas de oxigênio do ar. O oxigênio satura a ligação dupla e gera óxidos que se polimerizam formando uma película externa. Isso ocorre com o passar do tempo, durante o processo de secagem do óleo. Vejamos essa classificação:

  • Secativo: óleos secativos como o óleo de semente-de-uva ou girassol têm maior teor de ácidos graxos insaturados (ácidos linoléico e linolênico). São óleos apropriados para o tipo de pele oleosa;
  • Não-secativos: os óleos não-secativos como o óleo de amêndoas-doces ou azeite de oliva consistem em grande parte de trioleína (da qual 95,7% é composto de ácido oléico). São óleos apropriados para o tipo de pele seca;
  • Semi-secativos: os óleos semi-secativos como o óleo de soja ou jojoba secam lentamente. São de aplicação geral, sendo indicado tanto para pele normal quanto seca ou oleosa.

Contuarei a falar sobre os carregadores no próximo post. Obrigada e até lá🙂

Retirado do livro
Tudo sobre Aromaterapia
Adão Roberto da Silva
Editora Roka

12 comentários sobre “Carreadores

  1. léa disse:

    Seu blog ficou lindo, mais suave, quase uma declaração de amor…rs…
    As frases que vc cria…essas continuam incríveis!!!!!!!!

    • Terra dos Aromas disse:

      Oi obrigada😀
      Sim, sem problemas, essas frases eu faço quando escrevo os posts, elas vem naturalmente em minha mente. bjuuu

  2. helania disse:

    boa noite

    Parabens pelo seu blog,com falaram acima de muito bom gosto.

    Gostaria de aproveitar o tema,sobre os oleos carregadores,e fazer umas perguntinhas,srsrrs.

    Posso deixar os oleos carregadores na geladeira?
    tenho uma pele oleosa e li que os oleos ,linhaça,castanha e nozes sao boas para a minha pele?essa informacao ,confere?

    Comprei os oleos de gergelim,germen de trigo e rosa mosqueta.e tenho as seguintes informacoes?

    que gergelim seria boa para tipo de pele oleosa,outras fontes dizem que ela e muito densa,nao seria apropiada.
    germen de trigo teria vitamina e,mas que com o uso continuo poderia da irritacoes.
    e o de Rosa Mosqueta nao seria aconselhavel para minha pele.

    Agora o que a Sra me aconselharia ,continuo com todos os oleos,mas se nao poss usar todos no rosto, oq eu a sra me aconselharia?

    E o pau rosa,esse oleo essencial relamente e bom para estrias?

    Obg pela atencao

    Att

    helania

    • Terra dos Aromas disse:

      Olá! Helania
      Agradeço sua visita e comentário, são muito importantes🙂
      Com relação as suas dúvidas, vou confirmar algumas informações e retorno para você brevemente.
      Você deve deixar os oleos carreadores na geladeira, e de preferência, e procure comprar frascos pequenos, caso o uso não seja frequente.
      Até breve, um abraço
      Solange

      • helania disse:

        Ola Solange

        Tudo bem?

        Que isso ,eu nao fiz nada,o trabalho foi todo seu,rsrsrs,e por isso o seu merecimento.

        Obgt por ja deixar um recadinho para mim.

        Ah !olha eu ,atacando novamentersrssrs,eu os deixei por um mès no banheiro (nao e quante ,nao e frio,nao tem ventilacao)sera que alterou o produto,e se caso for,como posso saber se o produto foi alterado?

        Att
        Helania

      • Terra dos Aromas disse:

        Olá Helania!!
        Vou muito bem, obrigada e espero que você também.
        Quanto ao seu questionamento, esta semana no meu blog terá dois post com óleos utilizados para peles oleosas ou com acne. Espero que seja util para você. Em relação ao óleo de rosa mosqueta ele é muito bom para ser utilizado na cicatrização da pele, como por exemplo, locais que sofreram algum tido de corte ou processo cirurgico. Ele não é considerado um óleo essencial e sim carreador, assim ele é base. Para pele oleosa o interessante é utilizar gel como carreador. Você pode solicitar em farmácias de manipulação, o gel e em casa você adiciona o óleo essencial.
        Quanto a validade de produto depois de ficar no banheiro por um mês, nas condições expostas por você. Se estiver bem fechado e longe da luz do sol, provavelmente ainda este bom para ser utilizado, mas por precaução, coloque umas gotas de vitamina E, nossos seus óleos carreadores para evitar o ranço e mantenha-os na geladeira. Espero que tenha sanado suas dúvidas, e observe qual será a utilização do mesmo, na pele do rosto ou do corpo.
        Uma boa semana para você🙂

  3. helania disse:

    OLa querida

    Tudo bem?!

    Obrigada por responder minhas perguntas.
    Pelo que entendi nao se ultiliza os oleos carregadores direto no rosto,no cao no meu,ok.Quantas gotas devo usar de oleos essencias no gel?

    E onde posso comprar essa vitamina E.

    Ja que para mimos oleos carregdores nao sao interessantes,o que posso fazer como de gergelim e germen de trigo que tenho em casa.

    Obrigada e uma otima semana a voce tambem

    • Terra dos Aromas disse:

      Olá!🙂
      tudo bem?
      Por nada, é um prazer poder tirar suas dúvidas.
      Você está certa, não se deve utilizar óleos carreadores em pele oleosa diretamente, talvez uma composição cremosa contendo algum oleo carregador seja válida, mas o melhor é utilizar gel. A proporção de òleo essencial x gel = 1 gota para cada 10ml.
      Você encontra vitamina E (arovit ampolas) em farmácias de manipulação.
      Bem com esses oleos carreadores que vc tem em casa você pode preparar algo bem agradável (aroma) para seu corpo, principalmente pernas, pés e braços que sofrem muito com esse tempo que estamos tendo agora, inverno. Para firmar a pele e devolver a umidade.
      Obrigada e um excelente final de semana

    • Terra dos Aromas disse:

      Olá! Helania
      Gostaria de compartilhar uma informação que obtive de outro comentário em meu blog. Você pode utilizar o óleo de linhança diretamente na pele. Ele combate a acne. Veja o comentario da Márcia. Um abraço

  4. Marcia disse:

    Oi, gostei muito do seu site. Eu estou usando oleo de linhaça (extraído a frio) diretamente na pele. Minha pele é oleosa e com muita acne e está melhorando muito. As acnes estão desaparecendo. Mas estou preocupada se ele resseca a pele ou causa algum outro distúrbio. Isso pode ocorrer? Obrigada

    • Terra dos Aromas disse:

      Olá!
      Desculpe a demora em lhe responder. Agradeço seu comentário!! Sobre sua pergunta, acredito que não irá prejudicar sua pele, pois ele possui propriedades umectantes, que impedirá o rescecamento excessivo da pele. Não sei se você chegou a consultar o site Mais beleza (http://www.maisquebeleza.com/dieta-lin.htm) nele há mais informações sobre a Linhaça e seus beneficios. Eu costumo colocar linhaça em todos os alimentos que preparo, no arroz, feijão, legumes e carnes. Obrigada mais uma vez e prometo lhe responder brevemente na próxima vez!! um abraço🙂

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s