Silêncio

Natividade

O coração conhece o que a língua nunca poderá proferir;
E o que os ouvidos jamais poderão escutar

Mãe Maria:
“Hoje queremos dizer-te “muito obrigada”
Muito obrigado Senhora, por teu “Sim”.
Por tua completa disponibilidade de “escrava”,
Por tua pobreza e teu Silêncio
Pelo gozo de tua 7 espadas
Pela dor de todas as suas partidas,
que foram dando a paz a tantas pessoas,
Por teres ficado conosco
Apesar do tempo e da distância”

Em teu Silêncio, tua alma e teu corpo receberam Deus dentro de ti
E tu dentro de Deus.
E neste Silêncio amoroso de mãe geraste com carinho o Salvador.
E lá, há tanto tempo atrás, numa terra desconhecida para nós
E tão presente hoje nesta noite,
Deste a luz a quem era a própria luz!

Simples, humilde e cheia de tanta graça
Envolveste em teus braços quentes, no sorriso de
teu rosto, a olhar para aquele Ser tão pequeninho e tão Deus,
Tão teu Filho.

Nesta noite, olhando para trás, tentando imaginar Você mãe e nesta viagem acabo sentido sua presença, seu sorriso, e ouço suas palavras tão suaves:
“Meu filhinho e Meus Deus…”

E Jesus através de seus olhos fazem com que transporte para hoje, para mim, para nós,
neste momento, nas palavras.

“… Como te acompanhei neste ano.
Como você esteve distante de mim durante tanto tempo,
Como você se debateu nas suas dificuldades, e muitas vezes sem perceber te coloquei em meus braços e te afaguei e te disse: Tenha coragem!
E você nesta correria tão grande, afogada em suas mágoas, não percebia que te chamava,
Não percebia que tudo o que estava acontecendo teria uma razão de ser,
em meus planos para ti.

Depois de tanto de chamar, você se voltou e me viu lá,
de braços abertos, como você me vê agora nesta manjedoura, pedindo teu coração e te querendo tanto bem…

Como as coisas mudaram, você se lembra?!
Você estava dentro de mim e Eu agora estou dentro de você e você em mim….”

Escutando no silêncio deste olhar, neste momento
o que importa as atribulações do ano, o que importa todas as magoas,
somente pra conhecer a alegria da Paz e a ternura de todo Este Plano de Amor,
olhar para o céu e olhar para dentro de nós e saber que apesar de tantas imperfeições
Jesus mora em nosso coração.
Que o amor todo especial seja nosso Mestre em todos os nossos momentos de vida neste ano que se aproxima
Que possamos nos colocar de olhos fechados, e olhos do coração, abertos para Ele e
Imitando o Silêncio de Maria dizer nosso “Sim” como servos e amigos do Senhor do Universo, nosso Salvador!
Assim Seja!!!

2 comentários sobre “Silêncio

  1. léa disse:

    Bela foto e belas palavras:O coração conhece o que a língua nunca poderá proferir;
    E o que os ouvidos jamais poderão escutar

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s